quinta-feira, 19 de agosto de 2010

CANDIDATO ALBINO EM SÃO PAULO


Quando estive no Programa do Jô, ele me perguntou se havia algum político albino. Minha resposta foi negativa. Desconhecia a existência de alguém com nossa característica na esfera política.

Meses depois, um colega professor deixou comentário no blog, contando que uma pessoa com albinismo fora prefeito da cidade de Tupã (SP) por 2 mandatos. Fiquei curioso, mas, sem saber o nome, não localizei qualquer referência no Google.

Semana passada, recebi telefonema do coordenador regional da campanha de um candidato a deputado federal. De início, ele disse que eu certamente me interessaria em conhecê-lo, visto que era albino. Lembrei-me do ex-prefeito de Tupã e não deu outra, era o próprio! Seu nome: Manoel Gaspar.

Quinta-feira, ao cair da noite, fui à inauguração do comitê de Manoel aqui em Penápolis. Como bom albino, ele escolhera caminhar pelo comércio local depois das 16:00, para evitar o sol forte.

Assim que chegou ao escritório de campanha, conversamos rapidamente. Manoel Gaspar tem 55 anos, é empresário bem-sucedido, casado, com uma pele ótima, de quem se cuida. Nota-se a auto-estima elevada, de quem, apesar das limitações, leva vida ativa e produtiva, com viagens, reuniões e bastante trabalho.

Ele ouviu com atenção as experiências, problemas, lutas e conquistas que os albinos têm conseguido e prometeu empenho em Brasília com relação à distribuição gratuita de protetor solar, óculos e também lutar para que a ANVISA passe a classificar bloqueador solar como medicamento e não cosmético, a fim de que o preço seja mais acessível.

Acredito que uma pessoa com albinismo numa alta esfera do legislativo se constituirá em interlocutor e agente eficazes, não apenas para lutar pela nossa causa, mas também como exemplo de que podemos contribuir socialmente, como qualquer um, desde que tenhamos os meios adequados para tanto.

Quem quiser mais informações sobre Manoel Gaspar, cujo número é 2088, basta acessar seu site
http://www.manoelgaspar.com.br/index.php

Ele também pode ser seguido no Twitter
http://twitter.com/Gaspar2088

Ontem, participei de um café da manhã com ele na Associação do Comércio em Penapolis, onde ele me concedeu entrevista, que será publicada sábado. Adianto que os albinos e pessoas com visão baixa se reconhecerão bastante em algumas situações relatadas por Gaspar, especialmente quando conta como faz para atravessar ruas em Sampa, sem enxergar direito o semáforo. Faço exatamente o mesmo!

2 comentários:

  1. Em Natal-RN, há um veresdor Ubaldi, e em Lajes também RN, meu irmão já foi vereador e vice prefeito, hoje assume a Secretaria de Finanças do município...

    ResponderExcluir
  2. João Adalberto Campato Jr19 de agosto de 2010 23:22

    Caríssimo Roberto:

    Saudações cordiais. Como vai de nova Faculdade? Sou o colega professor de Birigui mencionado por você. Na oportunidade daquele comentário inaugural, não quis dar detalhes do Gaspar temendo as possíveis repercussões dos tentáculos da Justiça Eleitoral. Com efeito, se você já o conheceu, está ciente, portanto, do caráter do candidato. Embora nem de longe agite a bandeira "albino deve votar necessariamente em albino" ou "mulher vota em mulher", torço, de coração, para que todos os segmentos, sobretudo os mais marginalizados, tenham seu representante na política. Representantes de caráter, afirme-se de passagem. Quanto ao mais, quero lhe dizer que sou fiel leitor de seu Blog, cuja qualidade é fora de discussão. Congratulações as melhores.

    ResponderExcluir