sexta-feira, 29 de novembro de 2013

PAPIRO VIRTUAL 66

Nossa sessão de literatura apresenta o trabalho de outro ex-aluno meu - eita, orgulho! 
Fabiano Campachi,professor de Língua Portuguesa,Inglesa e Literatura,formado em 2004 pela Fundação Educacional de  Penápolis,e pós- graduando em Literatura Brasileira pela Faculdade Barão de Mauá.
Publicará no início do próximo ano, seu primeiro livro de poesia,chamado "Versos ao vento".

Perimetrando

Saudemos a nova burguesia
Que come “huevo”
Arrota poesia
“Nuevo”
Velha oligarquia.

Evolução evidente
Dos sonhos
Dementes
Decadência humana.

Elitista cultura,
Profana
Pobreza alheia.
 Piras
Óleo de baleia.

Confusa realidade
Aceite
Em piras mundanas
De azeite.
Roubemos a mulher do próximo,
Quebremos o mandamento
Em nome do capitalista
Derramamento
De pregações e teorias.

Cantemos e louvemos
A evolução perimetral
Nosso pequeno logradouro
Futura nova capital.


Bêbados católicos
Enlouquecidos
Crentes

Nosso mundo nossa mente
Nossos sonhos
Bucólicos
Embebecidos
Ardentes

Poetas
Desvairados
Só mente

Poesia

Pena

Pena do meu pai
Pena dos meus avós,
Do meu nascimento,
Dos sonhos da minha infância.

Pena da Maria
Que também é Chica,
Pena de São Francisco,
Meu batizado.

Pena crescer longe de ti,

Que Pena Polis linda!!!!


E os versos passaram ventando
vento voando
revirando
poesia pelo avesso.
Tempo passando,
dançando,correndo
travesso.
Revirando indo
voltando,
eu
poesia
e o avesso

Um comentário:

  1. Parabéns Fabiano pelos poemas!
    Parabéns Roberto, sempre divulgando coisa boa!

    ResponderExcluir