domingo, 8 de novembro de 2009

MIGUEL NAUFEL NA TV

O mocoquense Miguel Naufel continua sua carreira multimídia. Suas histórias têm sido publicadas em diversos sites, já deu entrevista pruma rádio em nível nacional e agora começa sua carreira na TV!!!

Eu não venho falando o tempo todo aqui que a gente precisa abrir a boca? Poucos albinos têm aberto até agora, mas os que já abriram sempre alcançam repercussão, perceberam??? E isso sempre ajuda nossa causa.

Miguel foi entrevistado por uma emissora local de Mococa (SP) e me enviou o video. Ei-lo no You Tube, convertido graças a meu sobrinho Lucas Casella.

Uma correção, porém. Não sou doutor médico, sou doutor em Letras!

2 comentários:

  1. Eu ví a entrevista assim que vc me enviou o email...e observei o "erro classico" de doutor é sinomino de medico...um simples erro de interpretação ... Meu primo que é Mestre e Doutor em quimica pela Unicamp... usa um cão guia...a deficiencia visual não o impediu para estudar,casar , filhas,trabalhar...
    Fabi Valim

    ResponderExcluir
  2. O deputado Otavio Leite trabalhou para incluir na Lei federal 12.058/09, publicada no Diário Oficial da União de 14/10, uma emenda reduzindo a zero a alíquota da Cofins cobrada na venda no Brasil de artigos e aparelhos de próteses, ortopédicos ou para fratura, além de almofadas antiescaras (Art.8, XIX, XX e XXI).

    A outra vitória foi a aprovação também de alíquota zero de imposto na importação de artigos e aparelhos de próteses, ortopédicos ou para fratura, mais almofadas antiescaras (Art.28, XV, XVI e XVII).

    O objetivo é reduzir de imediato o preço dos artigos para o consumidor nas lojas brasileiras, que normalmente já gasta muito com outras despesas médicas. Para Otavio Leite, a redução nos tributos representa uma melhora na qualidade de vida dos brasileiros que possuem algum tipo de deficiência.

    "É um grande avanço que permitirá logo a milhares de pessoas em todo o país comprarem produtos mais baratos para o bem de suas vidas. Falo de um conjunto de brasileiros e brasileiras com algum tipo de deficiência física, auditiva, visual e/ou intelectual, que soma 15% da população. Essa conquista garante direitos fundamentais, como o ir e vir", explica Leite.

    O parlamentar lembra que a proteção e integração social da pessoa com deficiência, prevista na Constituição Federal, é uma obrigação dos governantes.

    http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2009/Lei/L12058.htm

    ResponderExcluir