sexta-feira, 30 de setembro de 2016

PAPIRO VIRTUAL 111

Roberto Rillo Bíscaro



Em uma era quando a oferta de produtos culturais audiovisuais é avassaladora e de fácil obtenção para certos setores sociais, Ana Clara Cegatti Donzelli, de 12 anos, aluna do sétimo ano do Colégio Franciscano Coração de Maria, em Penápolis (SP), demonstra precoce apreço e talento pela literatura. A jovem está prestes a lançar seu primeiro livro, CraftWorld: a construção de uma história.
O Albino Incoerente conversou com a filha de historiadores, que, contrariando o estereótipo de que quem se dedica a atividades intelectuais é sedentário, também gosta muito de jogar basquete.

Albino Incoerente: Você é uma jovem que contraria a máxima de que “jovens não gostam de ler” (embora eu veja jovens devorando livros grossos dessas trilogias da moda). O que você lê?
Ana Clara: Desde meus 9 anos de idade, costumo ler e escrever várias redações. Meus livros preferidos são os de ficção, aventura e fantasia, isso incluí franquias famosas como O Senhor Dos Anéis e Star Wars.

Albino Incoerente: Você concorda que os jovens atuais não apreciam a leitura, de modo geral?
Ana Clara: Acredito que muitos jovens estão deixando a leitura de lado por causa da tecnologia, que está muito presente na vida das pessoas atualmente (inclusive na minha), eu os aconselho a dedicarem um pouco do tempo deles para a leitura, nem que sejam apenas 20 minutos por dia.

Albino Incoerente: Além de ler e escrever, quais são suas atividades favoritas?
Ana Clara: Além da escrita e da leitura, gosto muito de praticar basquete, assistir filmes, séries e vídeos do Youtube.

Albino Incoerente: De onde surgiu a ideia de escrever o livro?
Ana Clara: A ideia de fazer um livro veio em um impulso criativo, no primeiro momento, eu queria somente escrever uma redação para ler à minha turma, mas minhas ideias foram intensificando-se e decidi que faria um livro. Este foi inspirado em um desenho, uma cidade fictícia que eu e meu amigo criamos.

Albino Incoerente: Conte-nos um pouco sobre o processo de escrita. Demorou muito? Teve que reescrever várias vezes? Já tinha a história toda na cabeça ou ela foi acontecendo durante a escrita?
Ana Clara: Comecei a escrever o livro em dezembro de 2015, e terminei em março de 2016, fui escrevendo de forma regular, cerca de 2 ou 3 capítulos por dia. Eu ainda não tinha a ideia toda na cabeça, elas foram vindo à tona, conforme eu escrevia.

Albino Incoerente: Sobre o que trata CraftWorld: a construção de uma história?
Ana Clara: O livro “CraftWorld: a construção de uma história” narra uma aventura em busca do Livro das Colinas, que guarda uma riqueza desconhecida em todas as regiões. Will Petersen e seus companheiros de jornada decidem ir atrás desse misterioso livro, que poderia revolucionar a vida dos moradores da pequena vila cujo nome é Encanto Dourado. Os personagens terão que enfrentar mares desconhecidos e terras misteriosas para conquistarem o que tanto desejam.

Albino Incoerente: Como os interessados podem adquirir o livro?
Ana Clara: O livro será exposto na Livraria Sophia, localizada na rua Mário Sabino, em Penápolis (SP). O lançamento será no dia 8 de outubro, das 13 às 15 horas, contudo, o livro já está na pré-venda, na própria livraria, e os interessados já podem adquiri-lo.

2 comentários:

  1. PARABENS ANA
    QUE VENHA MUITO MAIS SUCESSO PRA VC!
    ACREDITO EM VC!

    ResponderExcluir
  2. Ana Clara, muito orgulho de ti. Uma inspiração!
    Carol Freitas.

    ResponderExcluir